SERVIÇOS

RADIOTERAPIA

 

Radioterapia, ou radioncologia é a especialidade médica focada no tratamento do câncer com radiação ionizante. O objetivo principal na Radioterapia é tratar a o tumor com a dose de radiação adequada, poupando os órgãos sadios adjacentes.

 

Há duas maneiras de se utilizar radiação contra os tumores. Na Radioterapia externa a fonte de radiação se encontra a certa distância do paciente em tratamento. Os aceleradores lineares emitem raios x de alta energia (megavoltagem) ou elétrons acelerados.

 

Braquiterapia é o tratamento através de isótopos radioativos inseridos nos tecidos alvo dentro do corpo do paciente, onde a radiação é administrada.

 

A equipe do serviço de Radioterapia é composta de médicos radio-oncologistas, físicos médicos, enfermeiros especializados, técnicos de enfermagem e de radioterapia, além de estar integrada com toda a equipe multiprofissional da instituição.

 

O OncoBeda foi a primeira instituição a implementar o acelerador linear e a Braquiterapia de alta taxa de dose no tratamento dos pacientes da região norte do estado do Rio de Janeiro, sendo hoje referência para toda região.

 

TECNOLOGIA

 

Todos os planejamentos de tratamento no serviço de Radioterapia do OncoBeda são tridimensionais e têm início com tomografia computadorizada realizada em aparelho dedicado ao serviço. Para determinação precisa dos volumes de tratamento e órgãos sadios é possível realizar a fusão dessas imagens com imagens de ressonância magnética e PET CT.

 

IMRT:  A radioterapia com intensidade modulada é considerada o maior avanço da Radioterapia conformacional em três dimensões. Através de do planejamento inverso e otimização computadorizada, essa técnica permite uma redução acentuada da dose de radiação nos órgãos sadios, concomitante ao aumento da dose no volume alvo de tratamento, possibilitando diminuição dos efeitos colaterais.

 

O OncoBeda conta com o acelerador linear Clinac CX - Varian. Com seu colimador de múltiplas lâminas, além de diferentes energias de radiação, é possível realizar tratamentos tridimensionais, com modulação da intensidade do feixe (IMRT), possibilitando alta conformação da dose na área de tratamento e diminuição acentuada nos órgãos sadios.

 

ONCOLOGIA CLÍNICA

 

O serviço de Oncologia Clínica do OncoBeda é formado por um corpo clínico especializado e capacitado, sendo composto por médicos oncologistas clínicos, com formação na especialidade nos melhores centros do Brasil como o Instituto Nacional do Câncer - RJ e Hospital de Câncer de Barretos - SP e com participação ativa em congressos médicos, jornadas e publicações científicas.

 

O oncologista clínico atua em praticamente todas as neoplasias malígnas, independente do seu estágio (tumores localizados e avançados e/ou metastáticos). Em conjunto com a equipe multidisciplinar, realizamos o planejamento do melhor tratamento para cada paciente podendo ser a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia. Na maior parte dos casos, o paciente será submetido a uma combinação destes tratamentos, ressaltando a prerrogativa do oncologista clínico na prescrição e condução do tratamento quimioterápico assim como o controle de seus efeitos colaterais.

 

As atividades desenvolvidas pelo Serviço de Oncologia Clínica incluem a prestação de serviços médicos na área de diagnóstico, prevenção, tratamento e acompanhamento de pacientes com doenças oncológicas, através de consultas ambulatoriais, pareceres técnicos em âmbito hospitalar e acompanhamento clínico de pacientes internados.

 

PATOLOGIA

 

O OncoBeda realiza em seu próprio laboratório exames citopatológicos, biópsias e análise de peças cirúrgicas para diagnóstico do câncer e de outras doenças.

 

São realizados ainda exames pré-operatorios de congelação (para diagnóstico de tumores durante cirurgias e para avaliação de margens de segurança, entre outros). Em parceria com laboratórios externos, o OncoBeda realiza exames de imuno-histoquimica e outros exames moleculares para diagnóstico de tipos de câncer, direcionamento de alvos de tratamentos específicos, fatores de prognóstico, entre outros.

 

SERVIÇO SOCIAL

 

O objetivo do Serviço Social na instituição é estabelecer estratégias de intervenção esboçadas a partir da situação concreta do paciente e sua família; proceder à Entrevista Social individual ou com o acompanhante onde se levantam questões previdenciárias, assistenciais, estado de ânimo e interferência no cotidiano pessoal e familiar frente o diagnóstico e tratamento proposto.  Vem contribuir com o tratamento médico e viabilizar acesso dos direitos do homem portador de câncer. Nosso objetivo é orientar pacientes e familiares, na identificação de recursos que favoreçam o processo de tratamento do paciente. Tem como meta realizar um trabalho de acolhimento, contribuindo para a análise de seu caminho, que junta aspectos, como as dificuldades de acesso aos serviços de saúde e relativas ao convívio social.

 

O assistente social atua no ambulatório e nas enfermarias. Os atendimentos ambulatoriais devem ser agendados.

 

PSICO-ONCOLOGIA

 

Cuidado centrado no paciente e na família, considerando as necessidades e singularidades de cada situação.

 

           Triagem - Anamnese

           Acompanhamento Psicológico - Terapia individual visa trabalhar medos, angústias, dor entre outras questões.

           Suporte psicológico à família - ajudando e orientando este familiar a lidar com a doença do paciente e o luto

           Grupo de apoio aos pacientes com Câncer de mama

           Suporte psicológico ao paciente em quimioterapia

           Suporte psicológico ao paciente internado

 

NUTRIÇÃO

 

O papel da Nutricionista visa otimizar o tratamento do paciente oncológico junto à equipe multidisciplinar, auxiliando com estratégias dietéticas a fim de minimizar os efeitos colaterais decorrentes do tratamento e preservar ou alcançar o bom estado nutricional do paciente e assim fortalecer seu sistema imunológico reduzindo riscos de infecções e complicações ao longo do tratamento.

 

FÍSICA MÉDICA

 

A Física da radioterapia é a área da física médica relacionada ao uso da radiação ionizante no tratamento das neoplasias malignas. As técnicas associadas a esta área utilizam principalmente os aceleradores lineares de partículas.

 

Os físicos especialistas nesta área possuem conhecimentos sobre a física médica básica, bem como sobre técnicas de planejamento de tratamento (conformacional – 3D, IMRT, radiocirurgia, entre outras), dosimetria de feixes terapêuticos, calibração de sistemas remotos de after-loading (braquiterapia), radiobiologia e radioproteção.

 

As atividades de competência dos físicos que atuam em Radioterapia incluem, entre outras:

 

          Participar direta e ativamente na elaboração dos tratamentos radioterápicos, tanto no cálculo da dose como na garantia do controle de qualidade desse tratamento;

           Calibrar os feixes terapêuticos em termos de dose absorvida;

           Desenvolver e executar programas para testes de aceite e controle da garantia da qualidade dos equipamentos de terapia disponíveis no serviço de radioterapia, segundo as normas e critérios internacionais;

           Manuseio e operação de câmaras de ionização, eletrômetros e outros instrumentos que permitam avaliar as condições de  calibração dos equipamentos de terapia;

           Supervisionar o funcionamento dos equipamentos utilizados nessa modalidade de tratamento e os trabalhos de manutenção dos equipamentos prestados por terceiros;

           Executar cálculos de blindagem de salas dos equipamentos de radioterapia;

           Realizar levantamentos radiométricos em salas onde estão instalados equipamentos radioterápicos, assegurando que as mesmas estão dentro das exigências das normas em vigor. Propor métodos de otimização da radioproteção;

           Estabelecer instruções para condutas em situações de emergência.

 

FISIOTERAPIA ONCOLÓGICA

 

A dor é uma das principais e mais frequentes queixas do paciente oncológico, devendo por isto ser valorizada, controlada e tratada em todas as etapas da doença.

 

As indicações para assistência fisioterapêutica são determinadas pelas disfunções causadas pelo tumor no paciente, em cada fase de tratamento oncológico.

 

O Fisioterapeuta Oncológico é habilitado para analisar e dar parecer técnico em assuntos referentes à atenção de fisioterapia na área de oncologia e perícia médica, em consonância com outros profissionais da equipe de saúde que atuam neste contexto.

 

A Fisioterapia Oncológica atua de forma integral e interdisciplinar na promoção à saúde, detecção precoce, diagnóstico e tratamento dos distúrbios cinéticos funcionais provenientes das intercorrências oncológicas e cuidados paliativos em todos os níveis de atenção (atenção básica, de média e de alta complexidade) resgatando a funcionalidade do indivíduo, por meio do diagnóstico fisioterapêutico, prescrição e execução de métodos, técnicas e recursos fisioterapêuticos e educativos.

 

Rua Saldanha Marinho 422 - Centro - Campos dos Goytacazes - RJ T. 55 22 2724-1608 - f. 55 22 2724-1735 - contato@oncobeda.com.br